Onde as palavras só serão lidas por quem as quiser absorver...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Não sou ninguém sem vocês...!

Foram longas as ausências tuas, os momentos onde o abraço não chegou. Foi duro continuar a sorrir sem que visses, sem que soubesses, sem que te interessasse saber... Mas eu continuei, como faço sempre, fingindo não me importar e sorrindo (mais que não fosse, por há quem goste de me ver sorrir)...
Mas tu voltaste! O teu abraço encheu-me de esperanças mais uma vez, a tua mão fez-me (re)acreditar que tudo, sempre tudo, vale a pena...
Nunca conseguirei viver sem saber que me arrancas um sorriso quando penso em ti! Não quero suportar o peso de fingir que sorriu pensando quando todos os pensamentos me (re)lembram a falta que me fazes!
Por isso não partas outra vez, por muito que sejas tentada a isso, por mais sentido que isso faça... Pois por mais sentido que fizer a tua ausência, é na nossa amizade que me ergo e sorriu ao pensar!

São eternas as presenças... A cada segundo da minha vida existes! A cada inspirar tu estás em mim... Não sou ninguém sem a tua certeza! Não sei ser sem ti <3 Não preciso dizê-lo, respiro-te! Vivo porque tu estás comigo! Não faço sentido sem ti!

Cada memória, cada pensamento que evoca o passado trás-me a tua imagem ao pensamento (e as tuas últimas palavras)... Não vou desistir, nunca! Deixas-te-me protegida, sei que tudo orquestras e nada te escapa... Tenho-te sempre presente, pecando pela loucura, mas sempre tua...

Não sou ninguém sem vocês...!

3 comentários:

Nin!i disse...

Ja la vai o tempo em que entendia sempre para quem escrevias, e o que escrevias xD

Any way, Ly@

Cá ઇ‍ઉ disse...

Tu, o Tii, o Diogo... lÊ outra vez ;)

Kiro Menezes disse...

E quando sofreres ausencias, escreves aos que leêm presenças...

Adorei demais tuas amizades ♥

Com carinho...