Onde as palavras só serão lidas por quem as quiser absorver...

terça-feira, 24 de maio de 2011

And if the world really ends?



E se um dia não houver mais amanhã, terá valido a pena? Haverão sonhos concretizados ou terão sido sempre adiados na certeza de um depois?

E se não houver um daqui a pouco? Se fechar os olhos e não voltar a abri-los? Se tudo acabar?

Terá valido a pena? Cada "até depois" dito em vez de "preciso de ti"? Cada adeus em vez de um abraço? Cada "fica para amanhã" em vez do aproveitar o agora?

Porque nos ensinam a viver com a certeza do futuro e a presença do passado? Porque não nos dizem que o amanhã pode não chegar e nos obrigam a fazer planos para o resto das nossas vidas? Porque se adiam decisões e se escondem sentimentos com o pensamento num depois?

Não vale a pena dizeres-me que vives o presente, que não deixas nada para amanhã... Temos sonhos, adiados pelo tempo, temos planos, com pensamento no futuro... Não somos sequer capazes de enfrentar essa ideia que pode não haver amanhã, porque ela está enraizada em nós.

Não posso fazer tudo o que quero, não posso realizar todos os meus sonhos num só dia... Mas vou começar a tentar!

(E se houver sempre amanhã? Com que sonhos te ergues? - É simples, crio novos sonhos!)

2 comentários:

Kiro Menezes disse...

Cah... posso te roubar?!?!?!

http://diariodakiro.blogspot.com/2011/06/e-voce-onde-se-esconde.html


Beijinhos Flor ♥

Cá ઇ‍ઉ disse...

Claro... Brigada! ;D