Onde as palavras só serão lidas por quem as quiser absorver...

domingo, 10 de janeiro de 2010

De novo o teu sorriso!

Cai sobre mim um sentimento de vazio que não sei de onde vem, sinto uma vontade imensa de correr do Mundo sem destino algum, sem qualquer motivo… Sinto que nada faz sentido e que tudo irá escorrer pelas minhas mãos como grãos de areia… ou como água para que nada sobre que não o que se entranhe. 
E enquanto todo este nada me consome surge-me um sorriso no pensamento, como se os meus olhos se tivessem aberto e eu visse algo mais que o paraíso.
O teu sorriso preenche-me todo esse vazio, todo esse nada que se apodera de mim quando eu menos espero. 
E nesses momentos eu tenho a certeza que fazes parte de mim, que me fazes bem, que me preenches… e nesses momentos eu procuro abraçar-te com força e dizer-te o que sinto dentro de mim no teu ouvido… se o teu corpo estiver demasiado longe do meu eu aperto-me no coração e guardo-o, o nosso amor cresce e cada vez mais sinto que te terei a meu lado pelo resto das nossas vidas!
Obrigado torna-se repetitivo, mas nunca suficiente para te agradecer cada sorriso que não existiria se não fosses tu!
Amo-te resume aquilo que sentimos :D

1 comentário:

Ninii disse...

Sabes, fico à espera desse teu comentário... Até deixar de ter medo, pelo menos =P