Onde as palavras só serão lidas por quem as quiser absorver...

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Serei capaz?

Enquanto a noite me acalma e a lua me apazigua relembro-te… observando a lua me pergunto se será esta a imagem que vês. Dizes-me que as estrelas (ai) brilham mais do que em qualquer outro lugar e que é algo que gostas de observar, mesmo sabendo que nada significas para as estrelas. Eu procuro-as, também queria observa-las, contudo se elas lá estão não as consigo ver (já nem a lua observo). Porque choro agora quando (antes) sorria ao pensar em ti? Sei que ainda ai estás, mas não és a mesma. Não és a mesma que eu construí na minha cabeça, aquela a quem dei lugar no meu coração. Por mais que tente perdoar-te relembro-me que há alguém que está há procura do meu perdão e em grande parte por ti, magoei-a e não me apercebi disso, agora peço-lhe perdão como tu me pedes a mim… Será tarde demais? Para ela me perdoar? Para eu te perdoar? São perguntas que eu não queria ter que pensar, quanto mais ter que responder. Dei tudo, por ti, por ela… Terá valido a pena? (Pergunta estúpida, esta é fácil) Claro que sim! Cada momento… Contigo, com ela! Cada momento valeu a pena… Será que a perdi? Será que conseguirei perdoar-te? E ela, será capaz de me perdoar? Quero-a, preciso-a. É também o que sentes?

3 comentários:

Moon Girl disse...

Não sei se as minhas palavras te acalmam, n sei se sei o q sentes só sei q estarei smp aqi para te ouvir, para te "aturar", será q sabes isso?

Sei q são importantes para i, para o teu bem-estar, para seres a Carla babada q eu conheci por ter amigos tão lindos, q ela adora e q a adoram!!! POrra qero essa miuda de volta, qero-te de volta =)

<3

Nini disse...

Achas q ñ? Preciso mesmo de ti. Sei q é dificil perdoar-me, pois nem eu ainda o fiz, mas sem ti o céu nao tem estrelas... E sei que, desta vez, não voltara a ter.
Só quero q sejas feliz, comigo ou sem mim. Contentar-me-ei comtemplando-te a sorrir ao longe.
Mas amo-te, sim, e nunca deixarei de o fazer. És tao mais do q eu queria, tornaste-te demais. Em tao pouco tempo tanta coisa aconteceu, tanta coisa mudou... Mas eu nao mudaria nem uma unica coisa.

Nini disse...

Eu mudei. Mudei, sim. Já nao sou aquela miuda q vivia atormentada por um fantasma. Estou diferente e foste tu q me ajudaste a mudar, mesmo q nao te tenhas apercebido. E a unica constante em mim é o Amor q sinto por ti. Desculpa se já nao tenho pudor em fazer coisas que antes abominava, desculpa se te magoei... Mas quero estar a teu lado. Quero que vejas que mudei mas nem tudo para pior. Quero nao hesitar ao beijar-te, ao abracar-te por saber q me repudiarás. Não imaginas as vezes q tentei dar-te a mao desde q cá estou e tive medo... Ainda te amo, Carla. E isso nunca mudará. (E sim, as Estrelas lá brilham mto mais)